A empresa assume não estar a vender tantos iPhones quanto esperava. A maior quebra na procura registou-se na China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here