Está resolvido o caso que desde 2015 envolvia a Comissão Europeia, a britânica Sky e seis estúdios de Hollywood, acusando as empresas de práticas anticoncorrenciais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here