Este é o ano do 5G, pelo menos assim garante Pete Lancia, vice presidente da Qualcomm. O impacto será significativo, mas provavelmente só se sentirá nos próximos anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here